Enter your keyword

Análise da Viabilidade Econômica dos Pré Moldados

Com o objetivo de fazer uma primeira avaliação da viabilidade econômica da proposta construtiva

Análise da Viabilidade Econômica dos Pré Moldados

Análise da Viabilidade Econômica dos Pré Moldados

ANÁLISE DA VIABILIDADE ECONÔMICA DOS PRÉ-MOLDADOS


Com o objetivo de fazer uma primeira avaliação da viabilidade econômica da proposta construtiva, foi estuda uma comparação de custos para um caso típico entre uma casa, de dois pavimentos com as mesmas dimensões e tamanhos, com uma sistemática construtiva convencional e uma no sistema misto de estrutura pré moldados e laje pré-moldada.

Análise da Viabilidade Econômica dos Pré Moldados

Foto: https://www.pexels.com/pt-br/foto/argamassa-arquitetura-cimento-concreto-776806/


A alternativa construtiva convencional remete a uma edificação na qual a sua alvenaria é uma alvenaria de vedação, portanto sem função estrutural, com um conjunto de pilares e laje maciça plana executada in-loco enquanto que a alternativa mista de estrutura pré moldada e laje pré-moldada foi necessária à criação de uma central de pré-moldados para que fosse possível produzir e armazenar um volume maior de lajes pré-moldadas maciças e planas para assim dar vazão para a execução da estrutura.


Diante dos custos apresentados no estudo percebemos que existem pontos relevantes a serem considerados quando comparado os dois sistemas (Convencional In-loco x Estrutura Pré Moldada e Laje Pré-moldada), tais como:


Fôrma

No sistema pré-moldado há a utilização de fôrmas metálicas para a confecção das lajes e da estrutura e diante disso por ser um sistema não muito comum existe a necessidade do acompanhamento de uma empresa terceirizada detentora do conhecimento para a produção dos pré-moldados sendo essa assistência baseada no valor do metro cúbico produzido. Já no sistema convencional existe a utilização de fôrmas de madeira na qual além do custo elevado, desperdício de materiais se comparado com a metálica ainda tem o baixo número de repetições nas suas reutilizações, devido a isso o uso da fôrma metálica se torna mais vantajosa quando o volume a ser produzido de peças é elevado.


Escoramento

No sistema pré-moldado essa etapa não é considerada enquanto que no convencional deve-se levar muito em consideração devido ao elevado custo.


Equipamentos de Montagem

Essa é uma etapa peculiar somente ao pré-moldado que deve ser observar pelo fato de ser necessário ter toda uma logística de transporte e risco no processo de içamento e instalação no seu destino, sendo um equipamento não muito comum, portanto com custo elevado no conjunto.


Alvenaria

No sistema convencional e no sistema de estruturas pré moldadas a alvenaria tem apenas a função de vedação, no entanto se analisarmos todo o sistema perceberemos que isso é praticamente igual.


Concreto

No sistema convencional pela estrutura ser executada antes da alvenaria é necessário que a mesma seja autoportante e resista aos esforços solicitados em função dos vãos variando assim a seção da laje para mais ou para menos. Já no sistema pré-moldado por já existir as peças em estruturas pré moldadas que é capaz de distribuir melhor os esforços consegue-se reduzir a espessura das lajes, reduzindo-se assim o volume de concreto utilizado.

A diferença e a vantagem do sistema convencional diante dos custos considerados pelas fôrmas, mão de obra, instalação de canteiro e, para a alternativa em concreto pré-moldado, transporte e montagem há os benefícios da racionalização da construção com o emprego do concreto pré-moldado, agilidade do processo construtivo já que não há a necessidade do escoramento e cura in loco, aumento do nível de qualidade dos serviços, possibilidade de capacitação da mão-de-obra e especialização e redução dos erros executivos.

Diante disso, ainda pode-se desconsiderar a necessidade de regularização do piso (contrapiso) e da laje de teto (gesso liso e reboco) além do acabamento das superfícies ficarem muito melhor.

Portanto com vimos na análise acima, a construção em estruturas pré moldadas e muito mais vantajosa em relação a construção convencional, não importando o tipo de obra que pode ser um pequeno galpão até mesmos edifícios de múltiplos pavimentos.


Obs.: Artigo feito com base no material de Viabilidade do uso de pré-moldados de Luiz Fernando de Queiroz Gonçalvis

https://luizfqg.escavador.com/artigos/1403/viabilidade-do-uso-de-pre-moldados



Também veja o vídeo: Análise da Viabilidade Econômica dos Pré Moldados


Fale com nossos especialistas

Escolher estruturas pré-moldadas, estruturas metálicas e até obras em geral pode ser um trabalho difícil. Visto que existem inúmeras variáveis influenciando no momento de escolha.

A melhor maneira para facilitar e realizar uma boa escolha é retirando todas as suas dúvidas. Logo, sempre que necessário procure um profissional ou acesse a internet para retirá-las.

Caso necessite de ajuda, sinta-se à vontade para entrar em nosso site www.engpremonta.com.br ou entre em contato com nossos especialistas sobre Análise da Viabilidade Econômica dos Pré Moldados e também sobre estruturas pré-moldadas, estruturas metálicas e até obras em geral.


Saiba Mais

Quer saber mais sobre construir ou possui alguma dúvida ou deseja saber mais sobre NOSSOS SERVIÇOS ou quer fazer um orçamento, entre em contato agora mesmo, será um prazer lhe atender (www.engpremonta.com.br ou envie um e-mail para vendas@engpremonta.com.br).


E não esqueça de curtir nossa Fan Page e nos seguir no Instagram


Entre em contato

Eng Carlos

www.engpremonta.com.brwww.engcarlos.com.br


Também veja o Artigo sobre: “Guia Rápido para Construção de Galpão Pré Moldado


 

POST YOUR COMMENT

Your email address will not be published.

× Como posso te ajudar?